Desde Moribundo – 50 anos sem Kerouac

Me afastei quando ele se tornou reacionário
Tudo aquilo que achava que pensava
Parou de repente de escrever, falar, pensar
Achei mesmo que ele tinha me construído
Não foi Deus, foi Demiurgo
Foi espada, não vela

Não sei se drenei tudo
Não consigo nem mais olhar
Nem o que o ele escreveu
Nem o que dele escrevi

Será que é assim que se matam os pais?
Se perde a vontade de ser filho
Mais um que fica pelo caminho

Seu espírito me fez partir
Seu espírito me fez parir
Seu espírito não me fez mártir
Seu espírito não me faz mentir

Obrigado, Jack
Há um longo caminho pelo fino meio fio da vida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s