Caixa de Risco

Tem dias que me pareço guardado
Me sinto dentro de uma caixinha de fósforo
Sou pólvora adormecida
Não me arrisco
Aguardo os dedos de quem vai me tirar
da solidão que é ser preciso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s